FUNDAÇÃO REGIONAL ESCRITOR HERMILO BORBA FILHO : Palestra em Palmares

“O NORDESTE DE HERMILO” 

“Cada um descobre o seu Nordeste. Há o Nordeste de Gilberto Freyre, o de José Lins do Rego, o de Graciliano Ramos, o de Ariano Suassuna. Eu mesmo, agora, estou descobrindo outro Nordeste. Agora, neste meu  Nordeste da zona da mata sul, as pessoas ressuscitam,  traem, castigam, são castigadas, enchem-se de amores loucos e obsessões, formam uma frenética procissão com  os vícios mais cultivados do nosso tempo. Há pessoas que levitam, outras que pairam no ar, outras que atravessam terras voando, há peixes que, depois de mortos, voltam a viver, há bois misteriosos, rãs gigantescas, cavalo metade de carne e metade de folha de flandres, mortos convivendo com os vivos. E isto é verdade. Basta prestar atenção.” 

Este é um trecho da entrevista do escritor Hermilo Borba Filho, concedida à Revista VEJA, ao final de 1975.  O escritor não permitiu que a revista divulgasse a sua entrevista, com os cortes da Censura. Esta entrevista está publicada, na íntegra, no livro A Palavra de Hermilo  (Companhia Editora de Pernambuco – CEPE, Recife, PE, 2007).

Com estas palavras de/sobre Hermilo, iniciei, em Palmares (dia 25 de setembro deste ano, às 19 horas, no auditório do “Luar Palace”, centro da cidade), a palestra que apresentei, na terra natal do patrono, e apresentarei, a produtores culturais, professores e comunicadores dos municípios de toda a região Mata Sul pernambucana, no sentido de sensibilizá-los e para contar com o apoio de todos na realização do projeto que dimensionará, junto ao Governo do Estado, a transformação da Fundação Casa da Cultura Hermilo Borba Filho, da Prefeitura Municipal dos Palmares, em Fundação Regional Escritor Hermilo Borba Filho,  instituição estadual a ser  criada especialmente para desenvolver todas as ações culturais dos municípios da Região Mata Sul pernambucana”.